Cinema Cultura Entrevista

Mário Augusto: “Não acredito que todos os votantes tenham visto o filme ‘Roma'”

O jornalista de cinema Mário Augusto fala da pressão mediática de voto e faz as suas apostas para a cerimónia deste ano.

Chegamos naquela altura do ano em que se fazem as apostas e previsões para a grande cerimónia da sétima arte. A 91º edição dos Óscares tem data marcada para o dia 24 de fevereiro e as votações já estão encerradas desde a última terça-feira.

A edição deste ano tem sido marcada por vários contratempos – não haverá apresentador; foi anunciada a nova categoria de “Filme Popular” e retirada um mês depois; várias músicas nomeadas não iam ser apresentadas na gala, decisão entretanto revertida.

Quanto às nomeações, este ano também há várias novidades: “Black Panther” é o primeiro filme de super-heróis a estar nomeado para a categoria de melhor filme e “Roma” o primeiro filme feito para streaming a estar nomeado.

O The Panorama News falou com o jornalista de cinema Mário Augusto sobre todas estas questões e quis saber quais as suas apostas. Mas no final, tudo pode acontecer porque como nos disse o cinéfilo, “aquele envelope é sempre um bocadito magico”.

Qual é a grande surpresa da cerimónia deste ano?

Mais do que surpresa com as nomeações é, sem dúvida, o facto de não ter apresentador na cerimónia e de se estar a assistir uma mudança radical no modelo de análise da Academia para os filmes selecionados. Temos na lista o “Black Panther” – que quanto a mim, não tinha que estar -, o “Roma” – um filme de arte, de produção independente e feito para o streaming – e outros filmes que não são propriamente filmes daquela dinâmica produção grandiosa.

Então, na sua opinião, a nomeação de “Black Panther” é uma surpresa negativa?

Não se pode dizer que seja negativa mas está ao lado de filmes completamente diferentes, com conceitos completamente diferentes.

Pode-se dizer que este é o ano dos musicais?

Dos novos musicais. A avaliar pela estatística, sim. Num ano em que se tem oito filmes nomeados a melhor filme do ano e dois são musicais, só podemos concluir isso. Mas são musicais de nova geração: um é um biopic e o outro a recuperação de uma velha história. Mas “Assim Nasce Uma Estrela” não deixa de ser feito num modelo mais simples do que eram os grandes musicais de Hollywood – e não acho que Bradley Cooper mereça ter o melhor filme.

A Glenn Close já esteve nomeada para melhor atriz sete vezes e nunca saiu vencedora. Se a Lady Gaga vencer nesta categoria, o que é que isso representa? 

Não vai acontecer. Acho que não. Eu estou convencido que este ano vão acertar as contas com a Glenn Close. Não me passa pela cabeça que a Lady Gaga… Ela já vai ganhar melhor música, já chega.

Poderá ser “Roma” o primeiro filme estrangeiro a ganhar a categoria de melhor filme?

“Roma” tem o embalo de propriedade internacional e não nos podemos esquecer que dos oito mil membros da Academia, há uma boa parte de velhinhos que já não vão ao cinema. Portanto, são influenciados pela tendência de voto e pela lógica da pressão mediática dos filmes. E o “Roma” aí leva a dianteira porque eu não acredito que todos os votantes tenham visto o filme. Agora, na verdade, o filme como obra de arte é lindíssimo. Mas não acredito que o Alfonso Cuarón quando o fez lhe passasse pela cabeça de chegar aos Óscares com a vantagem que está a ter. Mas, por exemplo, seria mais tradicional que o “Green Book: Um Guia Para a Vida” ganhasse, é um filme mais com os padrões de Hollywood.

E quanto ao “BlacKkKlansman: O Infiltrado”, de Spike Lee?

É um grande filme. O Spike Lee anda a perseguir os prémios há anos e consegue fazer uma produção que parece que não deixa de ser um bocadinho racista em relação ao status quo americano. Nós também não conhecemos bem a cabeça dos americanos mas a maneira como ele retrata o filme, nós sentimos que o Spike Lee é um profundo complacente contra o racismo e às vezes a passar-se para o lado de lá. Mas não tem potencial para ganhar. Mas estas coisas são um bocadinho subjetivas porque há interesses políticos, há bastidores, há coisas várias que fazem com que eles queiram ser politicamente corretos.

Já “A Favorita” foi o filme nomeado mais inesperado deste ano.

Foi. O filme é muito giro, bem feito e o Yorgos Lanthimos fica bem lançado – porque eu acho que não ganha este ano – mas ganha lance para um dia destes aparecer e ganhar um Óscar.

Esta será a primeira vez em 30 anos que não haverá apresentador. Aliás, a edição de 1989 foi considerada a pior de sempre por essa razão. O que se pode esperar?

Vai existir uma divisão total de opiniões: há uns que vão achar muita piada a não ter apresentador e outros vão dizer que deveria ter tido. Mas acho que o produtor do espetáculo tem que estar muito nervoso este ano.

As apostas de Mário Augusto:

  • Melhor Filme:
    Black Panther
    “BlackkKlansman: O Infiltrado”
    Bohemian Raphsody
    “A Favorita”
    Green Book: Um Guia Para a Vida”
    “Roma”
    “Assim Nasce uma Estrela”
    “Vice”
  • Melhor Atriz:
    Yalitza Aparicio, em “Roma”
    Glenn Close, em “A Mulher”
    Olivia Colman, “A Favorita”
    Lady Gaga, em “Assim Nasce uma Estrela”
    Melissa McCarthy, em “Can You Ever Forgive Me?
  • Melhor Ator:
    Christian Bale, em “Vice”
    Bradley Cooper, em “Assim Nasce uma Estrela”
    Willem Dafoe, em “À Porta da Eternidade”
    Rami Malek, em “Bohemian Rhapsody
    Vigo Mortensen, em “Green Book: Um Guia Para a Vida”
  • Melhor Realizador:
    Spike Lee, por “BlackkKlansman: O Infiltrado”
    Pawel Pawlikowski, por “Cold War – Guerra Fria”
    Yorgos Lanthimos, por “A Favorita”
    Alfonso Cuarón, por “Roma”
    Adam McKay, por “Vice”

2 comments on “Mário Augusto: “Não acredito que todos os votantes tenham visto o filme ‘Roma'”

  1. Pingback: “A Netflix vai passar a estar presente nos Óscares por direito próprio” – ( The Panorama News )

  2. Pingback: Hollywood prepara-se para os Óscares entre polémicas, canábis e merchandising – ( The Panorama News )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s