Cinema Fora de Cartaz

Fora de Cartaz: “A Família Robinson” (1960)

Fugindo do avanço das tropas de Napoleão Bonaparte, as esperanças de uma família depositam-se em chegar à colónia alemã da Nova Guiné e em começar uma nova vida. Os seus planos são frustrados quando o navio se vê perseguido por piratas e, numa manobra, tem o seu curso desviado para o centro de uma tempestade. Desesperada, a tripulação evacua a embarcação deixando para trás a família de passageiros. Resta-lhes apenas torcer para que sejam poupados da fúria do mar.

Na manhã seguinte, a tempestade cessara e as preces dos Robinson foi atendida. Apesar do navio já não ter condições de navegar, encontra-se encalhado próximo à costa de uma ilha virgem. É quando a sua verdadeira aventura começará.

Inspirada no livro homónimo publicado em 1812, a versão de 1960 é a refilmagem de uma produção de 1940. O filme tornou-se num enorme sucesso de críticas e bilheteiras, ultrapassando outros grandes títulos daquele ano como, por exemplo, “Psico”.

Desde 1950, com “A Ilha do Tesouro”, os estúdios Disney vinham investindo em produções live-action, apostando em tramas com cenas de aventura, ação e comédia. “A Família Robinson” traz todos esses elementos dosados na medida certa para tornar o filme envolvente para um público de todas as idades.

Na história, os Robinson ficam isolados numa ilha repleta de animais selvagens e constroem, com os destroços do navio e um bocado de engenho, uma fantástica casa na árvore equipada com todas as comodidades imagináveis. Sabendo que não poderiam replicar tal ambiente num estúdio, a locação escolhida para a rodagem do filme foi a ilha de Tobago que, curiosamente, não tinha nenhuma vida selvagem.

Para a ilha foram levados 500 animais, entre os quais um tigre, 6 avestruzes, 4 zebras, 100 flamingos, 6 hienas e até 2 elefantes! Isso tudo sem contar na casa da árvore que, a pedido dos habitantes locais, foi mantida após o término das gravações e tornou-se numa atração turística – infelizmente destruída durante um furação, em 1963.

Até a altura da sua estreia, nenhum filme havia custado tanto aos estúdios Disney. Todas as escolhas de produção resultaram num atraso de semanas. Não bastasse terem sido atingidos por uma das maiores tempestades ocorridas em Tobago (o que alagou os sets e impediu o trabalho), ao final da produção descobriu-se que o som era inutilizável, o que requereu que todos os diálogos do filme tivessem de ser regravados.

É possível se juntar a esta emocionante aventura numa das atrações temáticas dos parques Disney, em que se explora a casa da árvore dos Robinson. Para os menos aventureiros, pode-se ficar no conforto do sofá, já que o filme se encontra disponível em DVD e Blu-ray.

Filmes que continuam relevantes mesmo que há
muito tempo já fora de cartaz.

0 comments on “Fora de Cartaz: “A Família Robinson” (1960)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s