Cultura

“Museus” de comida pop-up estão cada vez mais populares

As exposições pop-up estão cada vez mais populares em todo o mundo. Elas estimulam o público a desfrutar de amostras grátis de várias comidas e a registar o momento com fotos de ficar com água na boca.

Este tipo de exposições são geralmente interativas e estão a surgir cada vez mais diversificadas. E devido ao seu cariz de pop-up, viajam de cidade em cidade fazendo várias paragens. Com cores e estéticas apelativas, elas acabam por chamar muita atenção nas redes sociais através das fotos postadas pelos seus visitantes, principalmente no Instagram, aliciando cada vez mais pessoas a participar da experiência.

Tendo espaço para todos os gostos, tais exposições abrangem diversos tipos de alimentos, tanto doces quanto salgados. Os Estados Unidos da América é onde a maior parte destes espaços nascem e nos últimos meses abriram vários com conceitos bem diferentes.

Em 2016, abriu em Nova Iorque o “Museu do Gelado” que hoje reside em São Francisco. Contendo 10 diferentes cenários, entre os quais um jardim de ursinhos de goma, uma selva de hortelã e um restaurante estilo anos 50 que serve gelados de sabores originais como o Vanillionaire, o Cherrylicious e o Churro Churro, o museu atrai cada vez mais pessoas.

Outro exemplo é o “Candytopia, que também está presente em Nova Iorque e em São Francisco, com uma aventura ao estilo de Willy Wonka criada por Jackie Sorkin – artista de doces e estrela do reality show norte-americano “Candy Queen”. A exposição tem mais de 12 salas com obras de arte em tamanho real, entre elas encontra-se uma estátua de uma esfinge.

Além disso, para quem tem preferência por salgado, existe o “Hall of Breakfast” (“Salão do Pequeno-Almoço”, numa tradução livre) em Salt Lake City. Os visitantes entram na exposição por um frigorífico gigante e exploram 10 quartos com um grande escorrega em forma de bacon, um baloiço em forma de donut, e uma sala de cereais cheia de confetis. Ao contrário dos outros museus, este reverte parte do dinheiro arrecadado para instituições de caridade já tendo doado mais de cem mil refeições para o Banco Alimentar do Utah.

Há também a “The Pizza Experience” em Pasadena, na Califórnia, que oferece um paraíso de pizzas com amostras grátis, incluindo a opção sem glúten. Para além disso, inclui ainda uma sala de massas e uma discoteca.

Outra experiência interessante é a “The Egg House“, que segue as viagens de um personagem chamado Ellis The Egg fazendo de Nova Iorque a Xangai sua casa. Em fevereiro vai mudar-se para Los Angeles, onde os hóspedes vão poder aventurar-se numa cozinha cheia de ovos de espuma em tamanho real, uma frigideira de trampolim e um jardim com baloiços em forma de beringela.

1 comment on ““Museus” de comida pop-up estão cada vez mais populares

  1. Silvio Figueira de Carvalho

    Excelente matéria
    👏👏👏😘❤️

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s