Tecnologia

Este reparador de computadores tem a maior coleção da Apple e quer-se ver livre dela

Um reparador de computadores austríaco reuniu o que ele considera ser a maior coleção de dispositivos da Apple. No entanto, poderá ser tudo destruído se não houver alguém interessado em ficar com ela.

Nos anos 80, Roland Borskys trabalhava numa empresa que reparava computadores da marca da maçã, em Viena e foi assim que conseguiu reunir uma coleção com mais de 1.100 dispositivos. Em jeito de comparação, o Museu da Apple em Praga tem “apenas” 472 itens.

“Assim como há quem colecione carros e viva numa pequena caixa para os conseguir pagar, assim o é comigo”, declarou à Reuters. Quando lhe perguntaram o que ele faria se ninguém estivesse interessado, ele respondeu: “Vai ser tudo destruído”.

A loja em que trabalhava acabou por fechar e agora Borsky diz que não tem como continuar a pagar a renda do armazém que utiliza para guardar todos os dispositivos que coleciona.

Assim, espera que apareça alguém interessado em adquirir a sua coleção ou que pague a sua dívida para continue com o armazém. Borsky revelou à mesma publicação que o valor que deve é entre os 20,000-30,000 euros.

Para que o seu património não fique totalmente esquecido, Borsky já começou a expor alguns computadores em exposições temporárias. “Eu ficaria satisfeito se fossem simplesmente colocados em exibição em qualquer lugar… para que as pessoas possam vêr”, afirmou.

0 comments on “Este reparador de computadores tem a maior coleção da Apple e quer-se ver livre dela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s