Mundo País

O caso das palhinhas de plástico da McDonald’s

A McDonald’s do Reino Unido já começou a excluir as palhinhas de plástico em mais de 1350 restaurantes. A partir deste mês, a cadeia de fast-food apenas vai utilizar palhinhas feitas de papel, em Inglaterra e na Irlanda.

Para esta transição, a marca encontrou dois fornecedores: a startup Transcend Packaging – um projeto galês que garante produzir palhinhas feitas de papel reutilizado – e a Huhtamaki – uma multinacional finlandesa que vai produzir as palhinhas de cartão a partir da fabrica de Belfast.

Mas não é só o Reino Unido que está interessado nesta medida sustentável. De acordo com um comunicado da marca, a Bélgica já começou a experimentar alternativas para as palhinhas de plástico. E países como os EUA, França, Suécia, Noruega e Austrália, planeiam fazer o mesmo até ao final do ano.

Para além disso, em vários mercados – como a Malásia – a McDonald’s vai começar a entregar as palhinhas de plástico apenas quando os consumidores as pedirem.

E em Portugal?

Contactada pelo The Panorama News, a McDonald’s Portugal afirma que “enquanto empresa socialmente responsável, o compromisso com o ambiente e sustentabilidade é uma das nossas principais preocupações, pelo que temos vindo a trabalhar, a nível global, para encontrar uma solução mais sustentável em alternativa às palhinhas de plástico”.

A cadeia de fast food acrescenta ainda que: “estamos empenhados em garantir que, até 2025, 100% das nossas embalagens sejam provenientes de fontes renováveis, recicladas ou certificadas, conforme o compromisso mundial assumido pela marca, no âmbito da iniciativa ‘Scale For Good‘”.

Em maio deste ano, a Comissão Europeia apresentou medidas para reduzir a poluição nos mares e oceanos e que incluem a proibição do uso de plástico em produtos como cotonetes, talheres, palhinhas e paus de balões.

Estes produtos representam 70% dos resíduos marítimos da União Europeia e, segundo uma nota de imprensa, nos casos em que existam alternativas, os produtos de plástico descartáveis serão banidos do mercado.

1 comment on “O caso das palhinhas de plástico da McDonald’s

  1. Pingback: Governo antecipa prazos da UE e elimina plásticos descartáveis em 2020 – ( The Panorama News )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s