Cinema Cultura

Guillermo del Toro diz que desigualdade de género é um problema sério a resolver

O realizador mexicano Guillermo del Toro afirmou, em Veneza, que a desigualdade de género no cinema, e na arte em geral, é um problema sério que deve ser resolvido.

Del Toro, que falava aos jornalistas no festival de cinema de Veneza, onde preside ao júri da competição oficial, demonstrou que apoia o compromisso assinado por várias figuras do cinema em maio, em Cannes, – intitulado “50|50 até 2020” – de promover a igualdade de género na indústria cinematográfica.

“É mesmo um problema que temos na cultura em geral. Muitas das vozes que deviam ser ouvidas, precisam mesmo de ser ouvidas. Isto tem de ser resolvido em cada uma das áreas com firmeza e determinação”, disse o realizador.

Este ano, num gesto de equilíbrio entre géneros, o júri do festival de Veneza integra cinco mulheres e quatro homens: Naomi Watts, Taika Waititi, Sylvia Chang, Trine Dyrholm, Malgorzata Szumowska, Nicole Garcia, Paolo Genovese, Christoph Waltz e Guillermo del Toro.

Ainda assim, del Toro sublinhou que entre os filmes da competição oficial, que lutam pelo Leão de Ouro, apenas um é dirigido por uma mulher, “The Nightingale“, da australiana Jennifer Kent.

“Trata-se de colocar o assunto em toda e qualquer discussão relevante. É muito mais do que um gesto, é uma necessidade”, disse o realizador do premiado “A Forma da Água”.

O presidente do festival, Paolo Baratta, que também esteve no encontro com os jornalistas, lamentou que, de todos os filmes apresentados este ano a Veneza, apenas 21% tenham sido assinados por mulheres, mas recusou a imposição de quotas.

“Há um problema para todas as gerações mais novas, em todas as áreas, na arquitetura, no teatro, em todas as artes. Falhámos e temos que fazer alguma coisa para melhorar a qualidade e promover oportunidades para os mais jovens”, disse Baratta.

O 75.º Festival Internacional de Cinema de Veneza, que começa hoje, conta na abertura com a estreia de “O primeiro homem na Lua”, do norte-americano Damien Chazelle.

1 comment on “Guillermo del Toro diz que desigualdade de género é um problema sério a resolver

  1. Pingback: Festival de San Sebastian assina carta pela igualdade de género no cinema – ( The Panorama News )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s