Cultura Inspiração

O The New York Times homenageia as mulheres “esquecidas” no tempo

“Desde 1851, os obituários no The New York Times foram dominados por homens brancos. Agora, estamos a adicionar histórias de outras pessoas notáveis”. Esta é a frase que apresenta a nova secção do jornal norte-americano, a “Overlooked” [“Negligenciados”, numa tradução livre].

Segundo a publicação, a “a escrita do obituário é mais sobre a vida do que sobre a morte” e revisitar os arquivos é “uma dura lição de como a sociedade valorizava várias conquistas e realizadores”.

Ao longo dos 167 anos do jornal, foram publicados milhares de artigos que homenageavam várias figuras da sociedade das mais diversas categorias e status social – desde chefes de Estado até aos cantores de ópera. No entanto, notou-se recentemente que a grande maioria eram relativos à vida de homens, na sua maioria, brancos.

Decidiram então homenagear outras figuras que passaram despercebidas, incluindo diversas mulheres. Temos o exemplo de Ida B.Wells, uma jornalista, editora, sufragista, feminista e socióloga norte-americana. Foi também uma precursora do movimento dos direitos dos civis e fundadora da Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor.

Mas há mais. Qiu Jin, uma revolucionaria chinesa, escritora e feminista que foi executada depois de um atentado fracassado, contra a Dinastia Qing. É também considerada uma heroína nacional na China.

Outra homenageada foi Marsha P. Johnson, uma norte-americana ativista dos direitos LGBT – identificava-se como Drag Queen. Foi também uma das figuras mais proeminentes na vanguarda da revolta de Stonewall em 1969, membro fundador da STAR (Street Transvestite Action Revolutionaries) e conhecida por ter pousado para Andy Warhol em Nova Iorque.

Recentemente, a nova campanha publicitária da Stabilo também trouxe para primeiro plano as mulheres que tiveram um papel importante em diversos acontecimentos históricos mas que foram ignoradas ou esquecidas acabando por serem apagadas da história.

0 comments on “O The New York Times homenageia as mulheres “esquecidas” no tempo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s